terça-feira, 30 de janeiro de 2018

I Torneio Ecoanzol de Pesca em Farol realizado com sucesso


O I Torneio Ecoanzol de Pesca de Praia em Farol de São Thomé foi realizado no último final de semana em Campos. O evento que teve apoio da Fundação Municipal de Esportes e chancela da Federação de Pesca do estado e Confederação Brasileira de Pesca e Lançamento, reuniu cerca de 60 atletas de vários municípios da região, resgatando a memória e cultura da localidade. Pablo Agostinho dos Santos e Alex Vander de Azevedo Silva, do Clube de Pesca de Macaé foram os campeões da competição, após pescar 34 espécies durante os dois dias de provas.

Acreditando na pesca como patrimônio imaterial da região, a Ong Ecoanzol resgatou o torneio depois de mais de 30 anos de extinção. Para a presidente Luiza Salles, “o I torneio Ecoanzol de pesca de praia de Farol de São Thomé, foi um resgate de memória, um reencontro de antigos amigos, amantes da pesca desportiva, que nos permitiu revisitar o passado, com seus sabores, cheiros e personagens, que nos permitiu realizar uma viagem dentro de nós e, mais além, planejar a próxima viagem com ainda mais clareza”.

O evento contou com duas provas. No sábado (27), das 14h às 18h e a última etapa no domingo (28), das 7h às 11h, na orla do Farol, no trecho entre a Colônia da 3ª Idade e o Lagamar. O segundo lugar ficou para Gilson e Matheus do Clube de Pesca Barra de São João. Rafael e Washington do Clube de Pesca Hilal – Vitória/ES conquistaram a terceira colocação na categoria maior quantidade e peso de pescado. A disputa contou com outras categorias, entre elas a feminina.

Pablo dos Santos, um dos campeões do torneio, também campeão brasileiro de pesca em 2017, falou um pouco sobre a sua satisfação. “Foi excelente apesar da ressaca do mar que exigiu muito mais dos atletas. Mas mesmo assim, não tirou o brilho do evento, que reuniu dezenas de atletas. É a primeira vez que venho pescar no Farol e apesar de morar no município vizinho de Macaé, nunca tinha passado pela experiência de pescar aqui, mas fiquei surpreso com a estrutura do evento. Como atletas, esperamos que outras provas venham a acontecer no futuro e que Campos se torne uma referência”, concluiu o atleta, já classificado para a prova Sul Americana, no Chile, em abril.

Para Marcelo Fernandes, o sentimento é de realização. O coordenador já prevê a próxima edição do torneio. “Já estamos pensando em realizar em 2019 o II Torneio e resgatar essa cultura da pesca na região, tanto do Robalo, no Rio Paraíba do Sul como essa da pesca na Praia do Farol de São Thomé, que além de divulgar o sucesso do evento, está se tornando uma referência entre os pescadores esportivos”.




O presidente da Federação de Pesca e Lançamento do Rio de Janeiro, Valério Pedra, foi o árbitro da competição e aproveitou para parabenizar a organização do evento e da Prefeitura que vem apoiando essa iniciativa de fomentar a pesca esportiva no município. “Estivemos aqui em maio do ano passado, durante o I Torneio de Robalo do Rio Paraíba do Sul, que foi um sucesso e agora esse no Farol, que mesmo com a ressaca do mar, está servindo para mostrar o alto nível dos pescadores, que conseguiram pescar várias espécies”, ressaltou Pedra.

Em maio a Ecoanzol realizará a II edição do Torneio de Pesca de Robalo no Paraíba do Sul. Em junho o evento chegará a São João da Barra, já com data marcada para os dias 23 e 24.

Parceiros e Patrocinadores – Agradecemos a todos que contribuíram direta e indiretamente para a realização do torneio. Nosso muito obrigada!

Menezes Representações e Distribuição
Cronos Produções
Usimec
LC Pesca
Barão Pesca e Camping
Alambique do Lelei
Pousada São Thomé
Pousada e Restaurante das Garças

Nenhum comentário:

Postar um comentário