quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

I Torneio de Pesca de Praia em Farol



A Ecoanzol realizará nos próximos dias 27 e 28 de Janeiro, o I Torneio de Pesca de Praia em Farol de São Thomé - Campos/RJ. A competição conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Campos e a Orca Clube de Pesca - Rio de Janeiro, com a autorização e parceria da Federação de Pesca do estado e Confederação Brasileira de Pesca e Lançamento. Para saber mais, confira o edital e participe conosco!


I TORNEIO ECOANZOL DE PESCA DE PRAIA
DE FAROL DE SÃO THOMÉ
CAMPOS DOS GOYTACAZES/RJ
REGULAMENTO PARTICULAR

1. OBJETIVO

A ONG ECOANZOL, atendendo ao que determina seu estatuto, e procurando estimular o congraçamento dos atletas praticantes da Pesca Desportiva de Arremesso, promoverá o
I TORNEIO ECOANZOL DE PESCA DE PRAIA DE FAROL DE SÃO THOMÉ, no município de Campos dos Goytacazes, nos dias 27 e 28 de Janeiro de 2018.
A Direção geral da prova caberá a ECOANZOL com o apoio, chancela e supervisão da Federação de Pesca e Lançamento do Estado do Rio de Janeiro – FEPELERJ; Confederação Brasileira de Pesca e Lançamento - Nova Pesca Brasil, denominada CBPL-NPB; Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento-MAPA e do Orca Clube de Pesca do Rio de Janeiro. A arbitragem será realizada por árbitros da CBPL-NPB.

2. DEFINIÇÃO

O evento é composto de 02 (duas) etapas de pesca, cada uma com 04 (quatro) horas de duração. A prova terá 08 (oito) horas efetivas de pesca.
A prova será realizada por equipes compostas de 02 (dois) atletas, preferencialmente da mesma categoria. Caso sejam inscritas equipes com atletas de categorias distintas, a equipe nesta condição concorrerá na categoria do atleta de menor idade. Por exemplo: Masc. e Máster = Masc. / Máster e Sênior = Máster.
A prova terá a primeira etapa iniciada às 14:00h e término às 18:00h do dia 27/01/2018 (sábado). A segunda etapa terá início às 07:00h e término às 11:00h do dia 28/01/2018 (domingo).


3. PARTICIPANTES, INSCRIÇÕES E PAGAMENTOS

3.1 - Poderão participar do torneio atletas de clubes filiados à CBPL-NPB, atletas avulsos convidados e convidados estrangeiros, sendo indispensável à Licença de Pesca Amadora, emitida pelo MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO - MAPA, válida para a data da prova.
As equipes competirão nas seguintes categorias: Geral, Feminino, Juvenil, Máster, Avulso, Clubes e Sênior.

3.2 – Inscrições: As inscrições terão o valor de R$ 160,00 (cento e sessenta reais) por dupla e serão realizadas mediante preenchimento da ficha oficial e pagamento, pelo site www.ecoanzol.org.br
As inscrições deverão se realizar através de um representante oficial do clube ou equipe avulsa, especificando o nome completo, CPF e categoria dos participantes.
A ficha oficial deverá ser entregue até o dia 27/01/2018, dia do sorteio das canchas de competição, no local da prova. A organização do torneio se reserva o direito de não aceitar inscrições retardatárias, no dia da prova.

3.3 - PAGAMENTO: Deverão ser efetuados de forma única pelos representantes dos clubes ou equipes avulsas (não filiadas a clubes de pesca) na conta disposta no site www.ecoanzol.org.br, no campo das inscrições.
Enviar cópia do depósito no e-mail ecoanzol@ecoanzol.org.br , com a identificação da equipe.

4. PROGRAMAÇÃO:

4.1 - Dia 27/01/2018 (sábado) - SORTEIO: A partir das 12:00h, será realizado o sorteio, mediante entrega da ficha oficial de inscrição, no Clube da Terceira Idade, na orla da praia do Farol de São Thomé. Quem não comparecer ao sorteio, será sorteado por último. À partir das 14:00h será iniciada a prova.

4.2 – Dia 28/01/2018 (domingo) - PROVA: Início às 07:00h e término às 11:00h.

5. DA PESCA:

5.1 - LOCAL: Na conhecida praia do Farol de São Thomé, situada no município de Campos dos Goytacazes/RJ.

5.2 - BOXES: Os boxes serão marcados em ordem crescente, da esquerda para a direita de quem olha para o mar, a partir do local popularmente conhecido como Clube da Terceira Idade.

5.3 - ORIENTAÇÕES GERAIS SOBRE O LOCAL DA PROVA – A praia do Farol de São Thomé caracteriza-se por “praia de tombo”, isto é, mar aberto com uma vala profunda próxima a beira mar.

5.4 - MODALIDADE:
A modalidade definida será a “variada”.

5.5 - PEIXES
Não serão válidas as espécies conhecidas por sua toxidade e periculosidade, tais como: "baiacus" (exceção do arara-lagocephalus laevigatus), "mangangás" (scorpaena plumieri), "marias da toca" (coibida), "macacos" (benzida) e assemelhados; bem como os Cações Viola, por serem protegidos. Será adotada a Tabela de Tamanho Mínimo do IBAMA:


Os peixes que possuam ferrões, tais como: bagres, porco, piruás (cangulos), etc., NÃO PODEM ter os ferrões cortados. Avisar aos organizadores da existência de peixes nos sacos com esta característica, evitando assim, possíveis acidentes no transporte e pesagem.

5.6 - EXERCÍCIO DA PESCA

A pesca será exercida exclusivamente dentro dos boxes demarcados para cada equipe, não podendo os atletas da mesma ocupar ou passar para outro boxe, mesmo que este esteja desocupado, exceto para recolher peixe fisgado. Os lançamentos deverão ser realizados perpendicularmente à linha d'água. A linha deverá ser recolhida se invadir o boxe vizinho. Os pescadores não poderão utilizar a técnica de pesca conhecida como "ligue-ligue", ou seja, pescar sem efetuar o arremesso, utilizando a vara como caniço de mão comum. Os pescadores deverão colocar os peixes capturados em balde com água e ou no saco fornecido pela organização, em seguida a sua retirada do anzol, posteriormente para sair do boxe unicamente no saco lacrado, fornecido pela organização. É proibido o uso de bóias de qualquer tipo e materiais de atração aos peixes. 

É proibido engodar, sendo considerado como tal cuspir dentro d'água qualquer coisa que esteja mastigando, colocar iscas exageradas para a característica da prova em apenas um dos anzóis, esmagarem animais (Ex: Siris) e / ou iscas ou realizar atos assemelhados que possam levar o Árbitro considerá-los como objetivando engodar. Cada equipe participante deverá manter em seu boxe um "saco de lixo", fornecido pela organização, onde deverá colocar: latas, garrafas, embalagens diversas, resíduos de iscas, anzóis inutilizados. - Exemplo: cascas e cabeças de camarão, etc.
Os peixes capturados por mais de um pescador terão sua cauda cortada para posterior divisão dos pontos. Quando fisgados por pescadores diferentes, a captura do peixe deverá ser atribuída ao pescador que o ferrou pela boca.

OS ATLETAS DEVERÃO ESTAR DE POSSE DA LICENÇA DE PESCA AMADORA DESEMBARCADA OU EMBARCADA, DE FORMA OBRIGATÓRIA SOB SUA RESPONSABILIDADE E DEVIDAMENTE ATUALIZADA, BEM COMO SERÃO RESPONSÁVEIS PELA MANUTENÇÃO DA LIMPEZA DE SEU BOX, COM ESPECIAL ATENÇÃO AOS ANZÓIS, SOB PENA DE DESCLASSIFICAÇÃO.

Será permitido o uso chicote(s) reserva(s) com anzóis iscados.
Só poderá se efetuar o próximo arremesso, depois da retirada do(s) peixe(s) do anzol, e adicioná-lo(s) no balde ou no saco. Somente os sacos e os lacres serão distribuídos pela organização da prova.

5.7 - MATERIAL DE PESCA

Varas com tamanho livre, carretilhas, molinetes, chumbadas e linhas de livre escolha, anzóis tipo convencional de uma só ponta e limitados a 02 (dois) por chicote, bicheiro ou puçás, esperas (calões). Cada pescador poderá ter até 03 (três) varas RESERVA montadas com linhas passadas, com chicotes (paradas), com chumbo, SEM ANZÓIS. Somente serão permitidas 02 (duas) “varas na água”.

5.8 - ISCAS

Serão permitidas somente iscas naturais, do tipo: camarão morto in natura, lulas mortas, sardinhas, sarnambis, tatuís e corruptos, todos por conta de cada atleta participante.


5.10 - PONTUAÇÃO

Os pontos serão computados da seguinte forma: 02 (dois) pontos para cada peixe e 01 (um) ponto para cada 100 (cem) gramas ou fração do peso total.
A maior pontuação admitida por um único exemplar capturado será de 22 (Vinte e dois pontos) – peça até 02 (dois) kg no máximo, onde os peixes com pesos acima deste, concorrerão somente a premiação de peça mais pesada.
Para a pontuação da categoria CLUBE, será observada a soma COSAPYL de resultados de 3 (três) de suas melhores equipes de cada categoria (masculino, feminino, juvenil, máster e sênior). Os empates serão decididos da seguinte forma:
a) Primeiro: Pela maior quantidade de peixes.
b) Segundo: Pelo maior peso total.
c) Terceiro: Pela peça de MAIOR peso.
Observação: Não haverá recontagem de peixes e pesagem, em hipótese alguma.

6. DESTINAÇÃO DO PESCADO:

Deverá ser doado à Instituição Filantrópica, sob o critério da Organização da Prova. O recibo original da instituição deverá ser anexado ao relatório e enviado para a FEPELERJ.

7. APURAÇÃO DOS RESULTADOS:

Para esse efeito, será feita a somatória das 2 (duas) etapas da prova.

8. PREMIAÇÃO:

Serão premiadas as equipes e clubes da seguinte forma:
GERAL - Do 1º ao 10º lugar: 01 (um) troféu por equipe e 02 (duas) medalhas – Total de 10 (dez) troféus e 20 (vinte) medalhas;
QUANTIDADE - Do 1º ao 3º lugar: 01(um) troféu por equipe e 02 (duas) medalhas – Total de 03 (três) troféus e 06 (seis) medalhas;
PEIXE MAIS PESADO - Do 1º ao 3º lugar: 01 (um) troféu e 02(duas) medalhas – Total de 03 (três) troféus e 06 (seis) medalhas;
FEMININO - Do 1º ao 3º lugar: 01(um) troféu por equipe e 02 (duas) medalhas – Total de 03 (três) troféus e 06 (seis) medalhas;
MASTER - 1º lugar: 01(um) troféu por equipe e 02 (duas) medalhas – Total de 01 (um) troféu e 02 (duas) medalhas;
JUVENIL - 1º lugar: 01(um) troféu por equipe e 02 (duas) medalhas – Total de 01 (um) troféu e 02 (duas) medalhas;
SÊNIOR - 1º lugar: 01 (um) troféu por equipe e 02 (duas) medalhas – Total de 01 (um) troféu e 02 (duas) medalhas;
EQUIPE AVULSA - Do 1º ao 3º lugar – 01 (um) troféu por equipe e 02 (duas) medalhas – Total de 03 (três) troféus e 06 (seis) medalhas;
CLUBES- Do 1º ao 3º lugar – 01(um) troféu por equipe e 02 (duas) medalhas – Total de 03 (três) troféus e 06 (seis) medalhas.

9. TRASLADOS E HOSPEDAGENS:

A Organização do evento não se responsabiliza pelo traslado dos participantes entre aeroportos, hotéis, rodoviárias, pousadas, local da prova de pesca e premiação.

10. POSSE E GUARDA DOS EQUIPAMENTOS:
A utilização e guarda dos equipamentos é de responsabilidade exclusiva dos atletas participantes.

11. CASOS OMISSOS:
Desportivos serão resolvidos pela Arbitragem Oficial da prova. Organizacional e Social, pela Direção do Torneio.

12. DISPOSIÇÕES GERAIS:

Os organizadores e autoridades do Torneio não se responsabilizam por eventuais danos físicos ou materiais que os participantes possam produzir ou sofrer por eventualidades de qualquer natureza, antes, durante ou após o evento, perdas, danos, extravios ou roubos de bens e materiais dos concorrentes, acompanhantes, visitas ou público em geral, nem por danos pessoais causados por acidentes ocorridos antes, durante e após a realização do Torneio. O ato da formalização da inscrição implica na plena condição de aceitação de todos os dispositivos constantes deste Regulamento Particular.

ONG ECOANZOL

  • CALENDÁRIO DE PESCA 2018 E FICA DE INSCRIÇÃO (AQUI)




Nenhum comentário:

Postar um comentário