Projeto da Ecoanzol aceito na Conferência Internacional Sul-Americana: Territorialidades e Humanidades.

terça-feira, 27 de setembro de 2016


A Ecoanzol teve sua proposta para a Conferência Internacional Sul-Americana: Territorialidades e Humanidades aprovada. O e-mail chegou em 27 de set. 2016 (hoje).

Com o título "Desenvolvimento Territorial Sustentável, Ambiente e Inovação" a Ecoanzol levará aos participantes de toda a América do Sul a experiência de gestão ambiental com desenvolvimento sustentável, com metodologia própria e inovadora. O palco dessa experiência é Carapebus/RJ, através das ações promovidas pelo projeto Olhos d'Água.

O projeto a ser apresentado conta com a apoio científico de profissionais do Instituto Federal de Educação, Ciência, e Tecnologia Fluminense (IFF), parceiro de longa data da Ecoanzol.

O projeto Olhos d'Água



O projeto Olhos d'Água é ação ambiental da Ecoanzol com plano piloto em Carapebus/RJ. O projeto em Carapebus/RJ tem fomento do CEIVAP e CBH BPSI para preservação de 43 ha de áreas de preservação permamentes (APPs), e posterior Pagamento por Serviços Ambientais associado as intervenções.

O projeto, que promoveu grande mobilização de produtores rurais vai além da meta de manejo florestal e proteção hídrica, buscando o desenvolvimento sustentável municipal, com vias expansão para beneficiar todo o território Norte-Noroeste Fluminense.

Com o olhar focado na meta desenhada para o nosso milênio: "Pensar globalmente, agir localmente", repeitando as tradições das comunidades nas diversas atividades sócio-econômico e culturais, o projeto Olhos d'Água quer fortalecer laços para a formação de uma grande rede de governança sócio-ambiental e solidária a nossa região.

A Conferência Internacional Sul-Americana: Territorialidades e Humanidades 

O evento será realizado em outubro/2016 em Belo Horizonte/MG, sediado na Universidade Federal de Minas Gerais que comemora 90 anos de contribuição para a sociedade. O evento é preparatório para Conferência Mundial das Humanidades, que acontecerá em Liège, Bélgica, em 2017.

O evento se insere no Ano Internacional do Entendimento Global, cujo objetivo central é discutir a globalização, nas suas dimensões internacional, nacional e regional, enquanto a Conferência Mundial de Humanidades visa refundar as Ciências Humanas, retomando o seu lugar na sociedade contemporânea e aprofundando a dimensão transdisciplinar da pesquisa, em face das necessidades da Humanidade no século XXI.



Para maiores informações acesse o site do evento: https://www.ufmg.br/humanidades

Créditos Texto e Edição final: Marcelo dos Santos Ferreira

--

Nenhum comentário :

Postar um comentário