Projeto Olhos d'Água em ação: Entrega de computadores no PA 25 de Março

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Nossos parceiros:agricultores assentados e prefeitura municipal


O projeto Olhos d'Água, parceria de sucesso da Ecoanzol com a sociedade Carapebuense, sobe mais um degrau na exitosa articulação social com Carapebus/RJ em prol da sustentabilidade das águas de nossa bacia hidrográfica do Baixo Paraíba do Sul e Itabapoana.



Neste domingo 07/08 o assentamento 25 de março em Carapebus recebeu com muita alegria computadores e equipamentos de informática para a sala de informática do assentamento, fortalecendo a inclusão digital dos agricultores e suas famílias.

A ação é fruto da parceria da Ecoanzol e Incubadora Tecnológica de Eventos Populares (ITEP) da Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF). A atividade é integrante da governança fomentada pelo projeto de PSA Olhos d'Água desenvolvido no município, em consonância com as ações tecnológicas da ITEP. A entidade, valorizando a parceria de longa data com a Ecoanzol direcionou um ponto de cultura para o assentamento com a disponibilização de seis jogos com mesas, cadeiras e computadores.

O ambiente da comemoração foi familiar, num almoço comunitário com um descontraído churrasco entre amigos. Estavam presentes os agricultores assentados, Luiza Salles (Ecoanzol), Nilda Franco (ITEP), Felipe Ferreira (Sec. Municipal de Agricultura de Carapebus), e muitos amigos.

Devemos especiais agradecimentos ao esforço de todos para a realização do almoço e do rico espaço de paz e amizade, que serviu de amostra de como podemos ficar fortes juntos.

"Foi um dia muito gratificante."
Luiza Salles (Ecoanzol)

O projeto PSA Olhos d'Agua em Carapebus/RJ

O projeto Olhos d'Agua é ação sustentável da Ecoanzol Sustentabilidade executado com apoio financeiro do programa de PSA Hídrico do Comitê de Integração da Bacia Hidrográfica do rio Paraíba do Sul (CEIVAP), operado pela sua agência delegatária na função de agência de água AGEVAP, e Comitê de bacia hidrográfica do Baixo Paraíba do Sul e Itabapoana (CBH BPSI).

O projeto tem a Ecoanzol como entidade executora, em parceria com a Prefeitura municipal de Carapebus e o Instituto Federal Fluminense (IFF).

Estão sendo aportados mais de um milhão de reais para ações de conservação e recuperação de áreas associadas a cursos d'águas e nascentes de Carapebus nas localidades da Maitaca/Córrego Grande, Córrego da Maricota  e Assentamento 25 de março, bem como para o pagamento por serviços ambientais aos produtores integrantes do projeto. Os produtores já foram hierarquizados pela Ecoanzol, e homologados pela Unidade Gestora do Projeto (colegiado gestor), e está em vias de ser também homologado pelo poder executivo em diário oficial.

Atividade de educação ambiental estão em curso desde a seleção final da áreas a definição do público alvo do projeto. As capacitações técnicas já estão programadas com o Seminário de solos programado para 29 de agosto.

Mais fotos do evento

















Créditos Texto e Edição final: Marcelo dos Santos Ferreira

--

Nenhum comentário :

Postar um comentário